terça-feira, 2 de abril de 2013

Coluna da Lulu! - Resenha: Fiquei com seu número


    Oi gente! Desculpa a demora pelo post, mas a enxaqueca me pegou de jeito e me deixou na cama sem conseguir fazer nadinha!
    Hoje eu vim falar sobre um dos livros mais divertidos que eu já li! Fiquei com Seu Número, tem um gostinho dessas comédias românticas do cinema. Poppy Wyatt achou o homem perfeito e está mais do que feliz...até perder seu anel de noivado, que está há 3 (!) gerações na família, e também o seu celular. Ela entra em desespero: como vão poder avisar que acharam o seu anel? Com um golpe de sorte, ela acha um celular abandonado no hotel! Maravilhoso! Só quem não gosta nada disso é Sam Roxton, um empresário que não é a favor da ideia de ter alguém mexendo no seu celular e descobrindo sua vida pessoal! Mas a cada mensagem trocada, Poppy e Sam se tornam cada vez mais próximos...e a grande surpresa ainda vem por aí.
    Se você ama rir, vai adorar esse livro! Fazia tempo que eu não lia alguma história que me fizesse gargalhar sozinha, mas eu juro que eu lia a mesma página várias vezes só para poder rir de novo. As conversas dos dois são leves, o livro é super fácil de ler, os personagens muito cativantes e muito divertido!
    A verdade é: esse livro tem tudo para se tornar uma das suas comédias românticas preferidas. Se prepare para reviravoltas e vontade de matar a personagem principal, no final, porém, garanto: você vai querer ela bem vivinha. Ah, e a autora, é a mesma de "Delíros de Consumo de Becky Boom", então, você já imagina que vai adorar!

    Eu amei a personagem principal! Durante a história, ela passa por cada coisa...Prestem atenção nas conversas dos dois pelo celular, ótimas para se dar boas risadas! E o romance é tão bonitinho! Eu gostei muito mesmo desse livro, e já estou procurando outros dessa autora - adorei os livros dela que li! 

      Citação favorita: "Os lábios dele estão firmes sobre os meus e não consigo mais falar. E, de repente, a vida é boa. Sei que as coisas são incertas; sei que a realidade não desapareceu. Mas, agora, estou abraçando um homem que acho que posso amar.''

Então é isso, gente, esse livro é muito bom, muito divertido e acabei rapidinho, de tão boa que é a história! Beijinhos e até semana que vem.

Um comentário: