domingo, 28 de julho de 2013

Coluna da Lulu: Ai meu Deus, Ai meu Jesus

 Oi, gente!! Vim hoje para falar de um livro que me conquistou totalmente<3
        No meu aniversário, meus amigos lindos e maravilhosos, fizeram uma surpresa para mim e
me presentearam com 15 novos livrinhos! O melhor presente do mundo!! Sou bem fácil de agradar! Já li todos e vou falar sobre cada um aqui no blog!
        Para começar, o primeiro livro que li e ameeeei! Ai meu Deus, Ai meu Jesus, é um livro de Carpinejar, e é, basicamente, uma reunião de várias crônicas sobre paixão, amor, sexo e todas as fases dos relacionamentos amorosos.
        Pelo tumblr foi que conheci esse autor. Logo de início, amei os textos que li. Aí, depois fui procurar mais, comecei a seguir ele pelo face e pelas suas outras redes sociais (twitter, tumblr) e comecei a me interessar cada vez mais. Faz um tempo já, que conheci esse livro, mas até então, não tinha comprado, devido a (sou obrigada a admitir), crônicas não fazem o meu estilo favorito de livro. Mas, meu Deus, que vergonha não ter comprado assim que lançou!
       Eu li tão rápido que chega deu dó no coração. Cada crônica é mais bonita que a outra. Ele fala de uma forma tão linda que dá prazer de ler. Eu gostei de cada uma das crônicas e já estou em busca de outros livros dele.
       Não sei se só porque sou muito romântica, que esse livro me encantou tanto, mas tenho quase certeza que não. A forma como ele fala do amor, da paixão, do início do romance, das brigas é tão...tão encantadora e leve.
       Tem crônicas engraçadas, tem crônicas de reflexão, tem crônica das milhares de dúvidas que ele tem em relação ao sexo feminino, tem algumas narrações do romance dele com a mulher, tem crônicas irônicas e tem muitas que você precisa ler mais de uma vez, para poder absorver cada palavrinha.
       Eu recomendo para todos os tipos de gostos, mesmo quem não é tão fã de crônica como eu. Carpinejar me prendeu de jeito e agora sempre corro atrás dos seus textos. As crônicas dele são leves, bem-humoradas, e falam do amor de um jeito lindo e simples.
       Amei, amei, amei <3

Citações Favoritas: Você tem medo de se apaixonar. Medo de sofrer o que não está acostumada. Medo de conhecer e esquecer outra vez. Medo de se o telefone toca, se o telefone não toca. Medo da curiosidade, de ouvir o nome dele em qualquer conversa. Medo de ser engolida como se fosse líquido, medo de ser beijada como se fosse líquen, medo de ser tragada como se fosse leve. Você tem medo de se apaixonar e não prever o que poderá sumir, o que poderá desaparecer. Medo de se roubar para se dar a ele. Medo de que ele seja um canalha, medo de que ele seja um poeta, medo de que ele seja amoroso, medo de que ele seja um pilantra. Medo de ser destruída, aniquilada, devastada e não reclamar da beleza das ruínas. Medo de ser antecipada e ficar sem ter o que dizer. Medo do cheiro dos travesseiros. Medo do cheiro das roupas. Medo de machucar, ferir, agredir para não ser machucada, ferida, agredida. Medo de estragar a felicidade por não merecê-la. Medo de enlouquecer sozinha. Não há nada pior do que enlouquecer sozinha. Você tem medo de já estar apaixonada.
          “Homem tem uma única missão na vida: incomodar a mulher. No início, ela dirá que você é irritante. No momento que o chamar de insuportável, conquistou definitivamente o coração dela.”

 Espero que tenham gostado!! Semana que vem, tô de volta! Contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário